Segunda-feira, 28 de Março de 2005

NO OUTONO DA VIDA

No outono da minha vida
Tua ausência é mais sentida
É mais triste a solidão.
Vou vivendo sem coragem
E sem ver a tua imagem
Sofre mais meu coração.

Vagueio no pensamento
Procuro-te para lá do vento
No outro lado da lua
Estou cansado de sofrer
E na ânsia de te ver
A minha alma flutua.

Quando o tempo se calar
E o corpo não acordar
Do sonho longo e profundo
Eu sei que vou encontrar-te
E novamente abraçar-te
No azul que cobre o mundo.


João Miranda
(Ao meu Pai que partiu para a grande viagem em Fevereiro)
publicado por João Miranda às 23:03
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 29 de Março de 2005 às 15:07
Bom Dia meu Lindo Poeta**************************que Poema tao bonito hoje brotou da tua Alma !!!!!!!!!! *****************BEIJOS :-))++++++++++++++ *****Maria**********Maria*****
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 28 de Março de 2005 às 23:21
sim senhor, mto bem continua, dá um pulo ao meu cantinho, pode ser que te identifiques, o brigado...

www.edarf.blogs.sapo.ptjoão
(http://www.edarf.blogs.sapo.pt)
(mailto:jpedarf@sapo.pt)


Comentar post