Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2006

QUANDO MORRER

Quando eu morrer
Não quero que dobrem os sinos
Porque são tristes!
Prefiro as crianças a cantar
E não quero flores,
No jazigo.
Não matem flores por mim!
Quero um caixão sem tampa
Para sentir a vida,
Junto a mim.
Pois quero na minha cova,
Quando for enterrar
Que plantem uma árvore.
E não quero gente a chorar!
Chorar sim quando nasci
Como epitáfio só isto:
"AGORA MORO AQUI"!!!


João Miranda
publicado por João Miranda às 23:27
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. QUERO AMAR-TE

. ...

. SEM MEDIDAS

. TEU OLHAR

. SE A LUA FOSSE

. SONHEI

. ...

. SÓ UM SONH...

. ...

. SONHO

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds