Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2004

BOLO DE NATAL

Era um bolo rei
Todo bonitão.
Grande corado,
Todo enfeitado.
Que tentação!
E os olhitos
Das crianças
Que passavam
Afagavam
Suas frutas
Que brilhavam...

Era dia de Natal...

Muito bem
O tal bonitão
Ficara por esquecimento
Na montra da solidão...
E tistezinho
Parece menos risonho,
Menos corado
E até mesmo desbotado...

Diz-se que o Natal
O menino Jesus
Segrega com carinho
Um desejo mansinho
De fazer bem
E foi assim que alguém
Só acredita.

Para ver rir
A pequenada
Num certo lar entrou
E ali deixou
Sabes o quê?
O bolo rei
Grande e bonitão
Muito corado e tostado
Dos olhitos ladinos
Que passavam
E sonhavam...


João Miranda
publicado por João Miranda às 22:33
link do post | favorito
|
De Anónimo a 6 de Janeiro de 2005 às 03:40
ADORO BOLO - REI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
BEIJINHOS MEU POETA LINDO*****maria*****
</a>
(mailto:)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres