Quinta-feira, 8 de Dezembro de 2005

HOJE

Hoje mais do que nunca,
Gostava de não ser eu,
Gostava de ser
Aquele que tu querias que eu fosse,
Aquele que eu não poderia ser.
Mas... Fui eu,
Fui eu que destroçei
Aquilo que era teu,
Aquilo que tano guardava.
Estava cheio de amor,
Cheio de esperança e confiança.
Mas eu perdi,
Tudo tenho a perder,
Porque eu sou eu.
Não sou aquele,
Que tu querias que eu fosse
Aquele que não posso ser.
Talvez pudesse vir a ser esse
Sim... Se não houvesse...
Mais ninguém no mundo.


João Miranda
publicado por João Miranda às 22:28
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. QUERO AMAR-TE

. ...

. SEM MEDIDAS

. TEU OLHAR

. SE A LUA FOSSE

. SONHEI

. ...

. SÓ UM SONH...

. ...

. SONHO

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds