Quinta-feira, 7 de Outubro de 2004

SOLIDÃO

Deixai repousar como crianças
Estes sonhos e pequenas aflições
Que compõem o meu quotidiano.

Deixai respirar o meu tormento
De amores impossíveis e o lamento
De desejos banais, banais mas impossíveis.

Deixai-os esquecer porque sofro e
Deixai dormir o meu sangue
Da viagem e destino percorrido.

Deixai-me na hora da dor
Porque quero estar sózinho
Na hora do gozo
Porque ainda estou sózinho
Na hora da morte
Porque estarei sózinho.

Mas tu não estarás sózinho
Em todas as coisas importantes
Tu não ficarás sózinho
Em todas as consequências e
Qualquer que seja o seu peso
A carga será tua porque de facto
Ninguém te vai ajudar!


João Miranda
publicado por João Miranda às 23:37
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 8 de Outubro de 2004 às 12:23
It's not
What you thought
When you first began it
You got
What you want
Now you can hardly stand it though,
By now you know
It's not going to stop
It's not going to stop
It's not going to stop
'Til you wise up

"Aimee Mann" - fez-me lembrar...
Manuel
(http://literaturas.blogs.sapo.pt)
(mailto:manuelanastacio@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. QUERO AMAR-TE

. ...

. SEM MEDIDAS

. TEU OLHAR

. SE A LUA FOSSE

. SONHEI

. ...

. SÓ UM SONH...

. ...

. SONHO

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds