Quinta-feira, 30 de Setembro de 2004

AUTO RETRATO

Não sou mais que uma pluma
De cores claras suaves tão claras
Que não tem cor nenhuma
Por só ter cores raras
Sinto que estou neste mundo
Para amar o belo o intocável
Mas as correntes do mundo
Só me dão o que é pálpavel!


João Miranda
publicado por João Miranda às 23:21
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 2 de Outubro de 2004 às 22:30
Olá. O que escreveste remete-me para amores platónicos, ou talvez seja o desejo de algo tão inacessível, que te resignas triste ao que é real. Somos seres em busaca de algo que não encontramos em nós, nem nos outros, acreditamos em sensações superiores, amores maiores, corremos em busca de uma terra prometida pela nossa prória imaginação. Isso não me é desconhecido, também busco para mim qualquer coisa que ultrapasse este viver simples e resignado ao que conhecemos. Mas reconheço que devia procurar algo de transcendente em mim, nas pessoas que me rodeiam, e certamente encontraria.CRISTIANA
(http://sapatosvermelhos.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ccristiana@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Outubro de 2004 às 04:20
lindo.....gatissima
(http://gatissima.blogs.sapo.pt/)
(mailto:nicegulla@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. QUERO AMAR-TE

. ...

. SEM MEDIDAS

. TEU OLHAR

. SE A LUA FOSSE

. SONHEI

. ...

. SÓ UM SONH...

. ...

. SONHO

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds