Terça-feira, 10 de Agosto de 2004

MAR CRISTALINO

Mar cristalino
De límpidas águas
Com vestes tão alvas
Como a tua alma.
Que divino mar,
Vejo nos teus olhos
Que sublime preço
Saí dos teus lábios!
E quando amanhece
E a seiva brota
Tudo renasce,
Em ti
Brota o amor
Que límpido mar
Que teus olhos tem
E em mim caí
Gota por gota
Do mar divino
Cantando um hino
À nossa amizade.


João Miranda
publicado por João Miranda às 22:54
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 13 de Agosto de 2004 às 01:52
Ok já me linkasteJoão Miranda
(http://letraaletra.blog.sapo.pt)
(mailto:joaomiranda@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Agosto de 2004 às 12:32
Bom dia! Já lá estás. Beijos :)Betty
(http://betty.blogs.sapo.pt)
(mailto:ferreiraelisabete@hotmail.com)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. QUERO AMAR-TE

. ...

. SEM MEDIDAS

. TEU OLHAR

. SE A LUA FOSSE

. SONHEI

. ...

. SÓ UM SONH...

. ...

. SONHO

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds