Sexta-feira, 30 de Julho de 2004

CHORO

Choro na noite sem fim
Choro!
Entregue a uma solidão
Sem justificação
Que não cabe dentro de mim!
É uma angústia
Que me come, que me rói...
E eu... Sem acção
Sem forças nem descernimento
Para decifrar meu pensamento!
Uma coisa aqui... que dói
E magoa o coração!

É um vazio
Um espaço enorme...
...E frio!
Que me cerca
É um silencio!
É como voar num céu
Sem ter nadinha de meu
Sem ter ombro onde chorar
Nem uma mão... para agarrar!


João Miranda
publicado por João Miranda às 00:38
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 30 de Julho de 2004 às 14:42
Estamos aqui. Não dá para dar a mão mas escutamos. Não vale a pena chorar. A vida tem tantas coisas boas!!! Bjs :)Betty
(http://betty.blogs.sapo.pt)
(mailto:ferreiraelisabete@hotmail.com)


De Anónimo a 30 de Julho de 2004 às 10:32
Bom dia! Ao ler ´pergunto-me se isto é só mesmo gosto pela escrita como tu próprio dizes, ou se é mesmo sentido! Desculpa a minha sinceridade mas sinto que aqui, e mesmo k me digas k não, existe tristeza...Beijinhos!Sonhadora
(http://Sonhadorasempre)
(mailto:mtomisteriosa@hotmail.com)


De Anónimo a 30 de Julho de 2004 às 10:21
Que o choro finde ,bj.
is
</a>
(mailto:isabel_espadinha@msn.com)


De Anónimo a 30 de Julho de 2004 às 10:13
Ao ler isto e sinceramente com uma lágrima correndo pela face, só tenho uma palavra a dizer: BeijoLuka
(http://lukadedicaati.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ALuka2004@sapo.pt)


Comentar post