Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2006

MIRADOURO DE STª. CATARINA

Miradouro da cidade bonita
Que beija o Douro
A última névoa do mar cantante
A madrugada advinhar os primeiros raios
De sol colorido.
Que a nascente trazem salpicos
De luz a encandear o horizonte azul.
As silhuetas são gaivotas
Em contra luz
Num cantar esgarrado
Perseguem os barcos da faina
No regresso da euforia
Da noite dura
Que baila em tremedeira alcofada
Das redes repletas de peixe.
Miradouro tens uma visão mistica
Pela manhãzinha
Quando o cheiro do mar é puro
E as mãos rudes dos pescadores
São autênticas
Quando os últimos cigarros tostam
As barbas fartas.
Quando os homens cantam as últimas baladas
De um cancioneiro popular que aprenderam oralmente.
Quando as luzes dos barcos
Fazem um cortejo disforme
Pelo rio adentro
Na chegada abençoada!
Tudo isto eu vejo
Do miradouro de Stª. Catarina.


João Miranda
publicado por João Miranda às 22:43
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. QUERO AMAR-TE

. ...

. SEM MEDIDAS

. TEU OLHAR

. SE A LUA FOSSE

. SONHEI

. ...

. SÓ UM SONH...

. ...

. SONHO

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds