Quarta-feira, 10 de Agosto de 2005

PUDESSE VOLTAR ATRÁS

Mergulhado na escrita onde um poema
Transmite a realidade e não aquilo
Que me apetece escrever assim pudesse
Eu voltava atrás e descartava as memórias
Reciclava todos os males do mundo
E fazia novas histórias
Mas ao fazer dos sentimentos poesia
Mais perto de vós hei-de estar
Porque arranjei na escrita
A forma de os expressar
Mas quando abro meus olhos
De um sonho...
Logo fico sem folêgo nas noites
Longas em que o tempo se perde
E parece que saio dum eclipse total
Onde o homem quer fazer da terra
Um buraco negro ao qual
Meus olhos na revelação dos sonhos
Se fecham cansados
De verem tanta miséria...


João Miranda
publicado por João Miranda às 02:31
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 25 de Agosto de 2005 às 11:28

João tuas palavras sempre tão lindas e cativantes, q bom ser merecedora delas, tens uma essência, um encanto ao escrever q tocas profundamente minha alma.
tens um dom invejavel,és um poeta de alma transparente, continue sempre assim , doce e meigo.
Tua admiradora. valeria.valeria
</a>
(mailto:katiaparaibana@yahoo.com.br)


De Anónimo a 13 de Agosto de 2005 às 15:14
BEIJINHO=======:-)****Maria****
(http://www.OMeuSonhoLindo.Zip.Net)
(mailto:MariaDaCaparica1999@Yahoo.com.br)


De Anónimo a 11 de Agosto de 2005 às 13:31
NEM UMA PALAVRINHA???????????????????????? APESAR DE TUDO AQUI VENHO SEMPRE PARA DEIXAR O MEU ABRACO APERTADO E O MEU BEIJO ***********************************Maria****Maria****
(http://www.OMeuSonhoLindo.Zip.Net)
(mailto:MariaDaCaparica1999@Yahoo.com.br)


Comentar post