Segunda-feira, 13 de Dezembro de 2004

ESTA NOITE

Esta noite andei por aí
Caminhando na cidade
E vi...
Os grafitti duma revolução descarnada
Dos que não pensam
Porque lhes roubaram primeiro o tempo
Depois o equilibrio
Do desassossego do sonho.
Das prostitutas que se mirram
Por causa de um chulo
E a quem o desespero chega
Por não poderem aconchegar
Os que nascem e os que não nascem.
Esta noite andei por aí
E vi...
Os que sofrem na ainda espera
Que o branco igual dos cabelos
Mostre igual a cor da pele.
Dos que são humanos
E a todos odeiam
Porque não os deixam ser humanos.
Dos que vivem do egoísmo
Para sobreviverem.
Esta noite andei por aí
E vi...
Os que dormem em caixas de cartão
E ás vezes nem a idade sabem.
As mulheres caladas - sofridas
Do álcool da vitória e da derrota
Os meninos que calçam
De ouro os filhos dos patrões
Que os exploram
Os que pedem a moedinha
Para a droga.
Esta noite andei por aí!


João Miranda
publicado por João Miranda às 22:56
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. QUERO AMAR-TE

. ...

. SEM MEDIDAS

. TEU OLHAR

. SE A LUA FOSSE

. SONHEI

. ...

. SÓ UM SONH...

. ...

. SONHO

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds