Terça-feira, 23 de Novembro de 2004

SE EU PUDESSE SER POETA

Oh! Se eu pudesse
Se eu pudesse ser poeta
Se as palavras eu soubesse
Dispôr pela ordem certa.

Escreveria sobre a vida
As verdades que sei
Mas eu não encontro saída
Estou sempre no começo.

O que sinto vos diria
Duma forma bem concreta
Se eu soubesse poesia
Se eu pudesse ser poeta.

Escreveria sobre o amor
Poesias sem parar
Poesias ao sabor
Da minha forma de amar

Escreveria sobre ti
Causa da minha razão
E daquela que se ri
Pela tua situação.

Escreveria mil poemas
Odes sonetos canções
Escolheria os melhores temas
Para as minhas composições.

Gosto bem de poesia
Dos poetas que eu entendo
Sem saber eu o fazia
Estas quadras fui escrevendo.


João Miranda
publicado por João Miranda às 00:36
link do post | favorito
De Anónimo a 29 de Novembro de 2004 às 23:11
Esquece-me quando eu te esquecer, e assim jamais me esqueceras.A
</a>
(mailto:)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres