Quarta-feira, 4 de Abril de 2007

PEGADAS

 

Caminho em silêncio

Nas dunas da praia

Apenas para passear

Aqui a esperança é o que existe

Apenas para saber

Que há um fim.

Fazendo brilhar pegadas

Na areia húmida e fria

Indica o caminho para o sonho

Chegou o momento

A maré quase baixou

E ecoou o abismo

Ergo-me do sono da inteira vida

Parece-me ter estado imenso tempo

A sonhar

Mas agora acordado

Eu posso ver que peregrinos somos

E  que por isso devemos caminhar

Desconhecendo o nosso intento

Sós mas não indignos

É sempre a visitar-mos a nossa casa

Temos estado há tanto tempo aqui à espera

Todas as nossas mãos juntas com esperança

Sustentando a barra sobre cordas

Todos nós somos peregrinos...

 

 

João Miranda

publicado por João Miranda às 17:54
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. QUERO AMAR-TE

. ...

. SEM MEDIDAS

. TEU OLHAR

. SE A LUA FOSSE

. SONHEI

. ...

. SÓ UM SONH...

. ...

. SONHO

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds